sexta-feira, 7 de julho de 2017

Menorca, sim ou não?


Menorca aparece associada à ideia de turismo de qualidade, com restrição nas entradas  e proteção do meio ambiente. Assim aparecia na minha cabeça.
Sabia que não tinha grandes praias, dado que a costa é muito rochosa, mas que, em contrapartida oferecia pequenas calas paradisíacas.
Sempre senti alguma resistência em ir, porque gosto de grandes areais onde me permito não ter vizinhos.
Porém, a ideia de poder associar estadias na praia - não gosto de piscinas - com passeios pela ilha acabou por ser o argumento decisivo - durante a manhã praia, à tarde passeio com carro alugado.

O que verifiquei?
Que o turismo se massificou! Completamente!
De tal modo que já há voos directos a partir do Porto - anteriormente era obrigatório fazer prolongada escala em Barcelona.
De modo que parti do Porto num avião superlotado.
O esquema - presumo - repetir-se-à nas  mais variadas cidades europeias.
Tive a sensação que os turistas chegavam e eram desembarcados às "pazadas".

Este contínuo despejar de gente reflecte-se inevitavelmente nas praias que durante a manhã se encontram absolutamente a rebentar pelas costuras.
Não gosto.

Depois de almoço, com a "siesta" a situação melhora, mas, ainda assim ...  que saudades do meu Algarve único.

A piscina do hotel torna-se então uma alternativa, mas ... também aí parecemos sardinha em lata, vizinho colado ao vizinho numa intimidade super chata.

As tardes foram reservadas para conhecer a ilha que, para além da Cidadela e dois ou três outros locais, pouco ou  nada tem para oferecer.

Sei que existem propostas para quem pretende conhecer a ilha de forma mais radical, fazendo apenas percursos a pé - chamam-lhe a rota dos cavalos - mas, definitivamente, essa não é a minha praia.

A Cidadela, antiga capital é , sem favor, um local muito agradável e lá passei duas tardes, passeando, fazendo compras e fotografando.
Assim:


A praça principal onde encontrei um mercado de artesanato muito variado e onde fiz algumas compras

A arquitectura lembra muito a italiana, com cores ocre e muitas gelosias

Esta uma das igrejas, não sei se a mais importante 

Ruas empedradas vedadas aos automóveis e muita gente, sempre.


 

Poderia ser Itália, ou Marrocos ou Tunísia ...


 Muitos, muitos restaurantes, sempre cheios, sempre a despachar os comensais.
Não é caro, mas também não é nada de especial - come-se!





 Em todos os lugares marcados no mapa como dignos de visita, o mais bonito sempre é o porto. Aqui, o mar entra por profundo canal até à cidade, até ao porto velho, onde além de embarcações de recreio se encontram as dos pescadores.

- Menorca, sim ou não?
- Nim!
- Definitivamente!

Não voltaria, mas gostei de visitar para assim fechar o ciclo das ilhas Baleares, agora todas vistas, todas conhecidas.

Amanhã, mais fotografias, mais argumentos a favor e outros tantos contra, que assim é a vida!

Beijo
Nina

16 comentários:

  1. Também não gosto de muito confusão.
    Pelas suas fotografias parece um local bonito, pena que haja pelos vistos, turistas a mais, mas isso é assim em vários locais, principalmente junto a praias.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde Nina,
    Apesar de todas esses inconvenientes a ilha parece-me bonita.
    Adorei as suas fotos.
    Um beijinho e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  3. Querida amiga, deixaste-me a rir com esta bela publicação! Despejados às pazadas!!!ahahaha... é mesmo!!! Também não gosto nada desse estilo! Felizmente não me tenho metido nessas andanças e, talvez por terem dó dum casal de jarretas que gosta de viajar... somos sempre muito bem tratados tanto nos aeroportos, onde já nos dão prioridade mesmo sem a pedirmos como em lugares que visitamos em passeio! Ser idoso tem estas vantagens!
    Quanto à ilha, até gostei e iria percorrer cantos e recantos como fizeste. Assim viajo sentada!
    E o quanto ao que dizes "come-se", está bem para nós, que não apreciamos refeições ditas gourmet!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Nunca ouvi falar desse lugar.
    Por aqui, não se fala, tenho certeza.
    Observei que apesar dos muitos turistas, a cidade me pareceu limpa.
    E aquela rua de pedra é um terror para meus pés, meus joelhos, também.

    ResponderEliminar
  5. Não conheço as Ilhas Baleares, mas não suporto a multidão turística, só gosto de visitas com tranquilidade.
    Bom final de semana! Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Actualmente na maior parte dos locais o turismo massificou-se. Claro que ainda existe o turismo de qualidade mas em menor escala. Penso também que é uma questão de marketing. Toda essa indústria ligada ao turismo quer apenas vender/vender/vender.
    Gostava de conhecer a ilha, sou mesmo apaixonada por ilhas. Beijinhos minha linda.

    ResponderEliminar
  7. Menorca mais barato que Maiorca foi a frase que ouvi de alguém que andou pelos dois destinos de férias...e foi assim que um dia ouvi falar da primeira!
    De verão estes destinos têm sempre um "nim"!!!
    Gosto das fotos com sabor a férias ... Bj

    ResponderEliminar
  8. Bom dia Nina
    As fotos são bonitas! Mas confusão e desassossego, eu também não gosto. Feliz domingo.

    ResponderEliminar
  9. Olha que pena, eu pensava em ir mas assim sendo já nem sei. Não gosto de ter que "lutar" por um lugar na praia ou piscina. Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  10. Olá, Nina,

    Estou a me permitir uns momentos preguiçosos, nesta manhã de domingo, e assim cheguei por cá. Já, de cara, ocorreu-me que o 'Teu pensamento viaja', mas o corpo também tem viajado bastante, não é verdade? rsrs.
    Gosto das descrições que fazes dos lugares a que vais, elas são sempre sinceras e divertidas, como é o caso desta, rsrs.
    Eu também não gosto do turismo massivo, que parece (e deve ser mesmo) puro negócio. Gostei de saber um pouquinho mais sobre as ilhas baleares, que ainda não conheço.

    Beijoca

    ResponderEliminar
  11. Não conheço Menorca, mas parece-me muito giro pelas fotos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Oi Nina... apesar da "multidão" o lugar parece bem bonito, gosto dessas partes antigas das cidades!!!
    Beijosss

    ResponderEliminar
  13. Que lindas fotos,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  14. Olá Nina!Espanha e Portugal,este ano foi o destino dos Belgas. Antes dos terrorismos,os Belgas adoravam passar férias à Marrocos,Tunísia,Grécia...Este ano muitos colegas meus do trabalho foram para Portugal e Espanha. Parece mesmo super lotado.Como à Mariana iria passar 2 semanas de férias connosco,decidimos pelo sul da França. Pois tinhamos planos de ir a Mônaco e Provence ainde eu queria visitar as plantações de lavanda.Mas ,minha querida,nada se compara ao Algarves. Que saudade.A Mariana segue para o Algarves eu desejosa para segui-la mas as férias do marido acaba Domingo. A vida segue,temos que aceitar.Amei teus olhares e teus look. Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. O lugar é lindo... mas já deu para ver que é super concorrido! Haverá pessoas que até nem se importam do ambiente agitado, mas não serão umas férias muito descansadas... com hotéis, restaurantes, e espaços nocturnos sempre a abarrotar!
    Mais uma vez, fiquei encantada com as imagens!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  16. another great outdoor post. love this city pics!

    Jennifer
    http://jennifer-femininundmodisch.blogspot.de/2017/07/jennifer-das-model-portrait-4-4-close.html

    ResponderEliminar